SEO para YouTube – Parte 2: Otimizando o vídeo

No texto de hoje vamos continuar aprendendo sobre SEO para YouTube, porém de forma mais técnica. Acredito que você já tenha lido a parte 1, se ainda não, vou deixar o link aqui: SEO para YouTube – Parte 1: Produção do conteúdo.

É muito importante que você já ter aprendido o que eu disse lá anteriormente.

A princípio, a primeira coisa que você faz depois de renderizar um vídeo, é fazer o upload para o YouTube correto? Errado! Antes do upload precisamos preparar o arquivo. Te conto os detalhes aqui.

A busca de palavras-chave

Na parte 1 fizemos uma busca sobre nosso tema. Aqui vamos fazer uma busca por palavras-chave semelhante.

A forma mais simples de achar isso é digitando na própria busca do YouTube.

Quando você começar a digitar, sugestões de buscas começam a aparecer. Em uma aba anônima de seu navegador (para seu histórico não interferir nas sugestões), vamos escrever nossa palavra-chave principal, no meu exemplo do texto anterior: bolo para festa infantil.

Note que apareceram várias frases, quais delas tem relação com seu vídeo? Anote todas que tiverem relação em um editor de texto.

sugestao buscas pesquisas youtube palavra chave

Hackeando palavras-chave da concorrência

Todos os usuários definem tags e palavras-chave em seus vídeos, isso deveria ser o básico do SEO para YouTube, e se você pudesse saber quais são essas palavras?

Existe como e vou te ensinar agora.

Vamos precisar de uma extensão de navegador chamado TubeBuddy, é uma extensão com vários recursos, mas o que queremos está na versão gratuita, então não se preocupe.

Assim que você tiver instalado no seu navegador e logado, faça a mesma pesquisa de antes para aparecer os vídeos da busca.

No canto direito, clique no botão Show Keyword Score que o TubeBuddy vai te mostrar se sua palavra chave é muito buscada e qual a competição por ela.

Em Search Volume e Competition quanto mais próximo do verde melhor.

Na aba abaixo ele mostra quais as tags mais usadas nos vídeos ranqueados, se tiver alguma com relação ao seu vídeo, anote-as também.

Vamos entrar no primeiro vídeo da lista de resultados.

Note que o quadro direito mudou, role um pouco para baixo e teremos listadas todas as tags que o criador de conteúdo daquele vídeo colocou. É provável que algumas que você já tinha anotado antes estejam ali.

Copie as que tiver relação com o vídeo que você produziu.

Se você quiser saber a posição do vídeo dele nas palavras-chave mostradas, clique no botão Show Search Rankings.

Em seguida, veja as tags dos 5 primeiros vídeos que aparecer nas buscas de sua pesquisa.

tube buddy volume pesquisa competicao
TubeBuddy - Volume pesquisa e competição
tube buddy tag mais usadas
TubeBuddy - Tags mais usadas
tube buddy tag concorrencia
TubeBuddy - Tags vídeos relacionados

Upload do vídeo para o YouTube

Já mencionei antes que o Google tem um excelente sistema de indexação, e cabe a nós deixar nossos vídeos mais otimizados para que ele consiga indicar nosso conteúdo para quem realmente está buscando.

Isso não poderia ser diferente no seu vídeo.

Vamos a uma pequena reflexão:

Qual vídeo fala de cachorro? Cachorro.mp4 ou DS251358.mp4?

Da mesma forma que você sem ver o vídeo sabe que qual deles fala de cachorros, o Google também irá saber.

Caso pesquise sobre cachorros, as chances do vídeo cachorro.mp4 ser mostrado é muito maior que a chance do outro vídeo.

Dica: Para os espertinhos que estão pensando em renomear seus vídeos só com palavras-chave muito buscadas, lembre-se que caso seu vídeo não tiver relação com elas, o espectador irá sair no início e seu tempo de exibição (watchtime) ficará baixo, isso faz o google entender que seu vídeo não é bom. Não tente burlar as coisas. Ensinei sobre isso no texto que falo do Algoritmo do YouTube.

Com as palavras-chave que você anotou, vamos renomear o arquivo de vídeo separando cada palavra por hífen. Da seguinte forma:

bolo-para-festa-infantil-chocolate-molhadinho-facil-rapido-bolos-recheados.mp4

Não precisa colocar todas, até porque os sistemas operacionais limitam a quantidade de caracteres, mas coloque as principais.

A plataforma nunca se pronunciou se essa dica faz alguma diferença relevante no SEO para YouTube, mas para o buscador do Google, isso é requisito básico, então, melhor fazer da forma mais completa possível.

E agora sim faça o upload para o YouTube.

Inserindo os dados do vídeo (metadados YouTube)

Título

No texto 1 você já tinha criado o título correto? Escreva no campo de título. Você pode colocar a parte principal do seu título em caixa alta, por exemplo: Como fazer BOLO PARA FESTA INFANTIL em somente 6 SIMPLES PASSOS!

Use sua criatividade, mas sempre de acordo com seu vídeo, se seu bolo não tiver passos simples, não use a palavra no título.

Caso seja uma série de vídeos, utilize o número do episódio no final do título, exemplo: Mobiliando a casa com pouco dinheiro! Ep. 1

Miniatura personalizada (thumbnail)

Você já pensou na miniatura no texto 1 que eu já tinha pedido, agora é fazer a arte no programa que você usa, celular, etc.

Na hora de salvar, use o mesmo nome do vídeo, só para exemplificar:

bolo-para-festa-infantil-chocolate-molhadinho-facil-rapido-bolos-recheados.jpg

O tamanho das miniaturas deve ter resolução de 1280px por 720px, recomendo usar esse tamanho pois é resolução indicada pelo YouTube.

Resoluções menores podem ficar ruins de leitura em alguns dispositivos.

Descrição

Vou descrever em ordem como deve ser sua descrição:

  1. A primeira linha da descrição deve ter sua palavra-chave principal, eu aconselho sempre a repetir o título do vídeo na primeira linha.
  2. Agora virá uma descrição pesquisável, ou seja, utilizando as palavras-chave que você anotou, mas atenção, não coloque somente palavras-chave, faça mais ou menos 2 parágrafos para ajudar no ranqueamento de buscas.
  3. Depois do seus parágrafos pesquisáveis, coloque os links, vídeos e playlists que deseja recomendar aos espectadores, ou aqueles que você mencionou no vídeo, isso ajuda os usuários a permanecer dentro do seu canal.
  4. Se seu vídeo tiver capítulos, ou passo a passo, pode ser interessante você colocar os marcadores de tempo, pois isso ajuda os espectadores a navegarem pelo seu vídeo mais facilmente.
  5. Por final, acrescente as informações gerais do seu canal, tudo aquilo que não estiver relacionado com o vídeo atual, como seu site, outras redes sociais, seus equipamentos, caixa postal e etc. (Tem como preencher essa parte automaticamente em padrões de envio do YouTube)

Opcional: Se você quiser usar hashtags, o YouTube destaca sempre 3 hashtags lá próximo do seu título, é só escrever, que elas aparecerão no topo, eu sempre coloco como a última coisa da descrição.

Tags

No campo delimitado para tags, você vai fazer na seguinte ordem:

  1. Sua palavra-chave principal como a 1ª tag.
  2. Sua palavra-chave principal com suas alternativas (aquelas que você anotou da barra de busca do YouTube)
  3. Palavras-chave que você pegou de vídeos semelhantes aos seus (não copie todas, só as que tiver correlação com seu vídeo)
  4. Palavras-chave mais amplas do seu nicho.

Escreva uma por uma, ou então no seu editor de textos separe-as com vírgula e cole todas de uma única vez.

Você pode ter até 500 caracteres em tags, o YouTube te avisa quando você ultrapassa esse limite, se isso acontecer, vá retirando as que tiverem menos relevância com seu vídeo. Ou seja, das últimas para as primeiras.

Portanto, utilize as tags com sabedoria, não coloque muitos termos genéricos ou amplos demais, queremos que o algoritmo saiba exatamente sobre o assunto. Inserindo muitas tags amplas, seu vídeo pode parecer genérico.

Acredito que agora, sem dúvida, você sabe todas as dicas de SEO para YouTube e seus vídeos estarão totalmente otimizados.

Se considerarmos as dicas do texto 1, seu vídeo agora está otimizado para as pessoas e para o algoritmo do YouTube.

Qualquer dúvida, deixe nos comentários. Mais conteúdo para YouTubers acompanhe aqui o site e o nosso canal no YouTube.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *